sábado, 31 de janeiro de 2009

Mensagem do Universo - Identidade Cósmica - Mestre Átrius


O universo sempre sintoniza os seres que estão na mesma vibração em sua aura, de modo a estabelecer uma conexão, possibilitando o encontro das almas que caminham num mesmo sentido, como vocês, num mesmo desejo de elevação das suas consciências ao nível da Luz.

Este vem a ser um instrumento de ampliação, de troca de realidades entre as criaturas, de alto valor evolutivo para a humanidade.

Como sabem, não há ação sem resposta no cosmo.

Todo o “reino” da Criação está vibrando no Poder de manifestação das respostas do universo a tudo o que lhe é movimentado, e isto é incessante e em termos mundanos, corresponde às concretizações vividas pela alma em seu percurso terreno.

Vejam as suas próprias vidas... observem as suas vivências e percebam que o universo respondeu às suas escolhas, dentro de parâmetros muita das vezes pouco entendidos por suas mentes, mas certamente ele, o Universo, processa o que foi criado pelo ser em níveis vibracionais, orientado pelos seus pensamentos, sentimentos, emoções, atitudes, reações.

Não há como “esconder”, “escamotear”, tentar “manipular” as vibrações que enviamos ao universo.
Elas são próprias e intransferíveis a cada criatura, e “velejam” pelo mar cósmico em busca de vibrações que efetivem o seu teor.

É de enfatizarmos que todos os seres que co-habitam o universo emitem permanentemente sinais sutis, que são únicos e intransferíveis.
Mesmo os seres-alma pares, vibram em caracteres etéreos próprios, posto que são seres-complementares de um único “Sopro de Luz” que se cederam, pelo “dividir” , a partir de matriz única, ao trilhar próprio de suas consciências, que em verdade são a síntese, a expressão do indivisível aconchegados dentro de uma única manifestação geradora.

Conexões de Luz pergunta: Mestre, então são 2 princípios divinos dentro de uma só emanação de Luz?
Mestre Átrius: a Consciência é Princípio Divino individualizado, com Poder de revelar a sua Luz conforme evolui sobre as suas próprias condutas, perante as leis universais.
No que costumamos denominar de “Sopro de Luz” , a Fonte Geradora sedimentou Princípios Divinos aos pares, volvidos, para melhor compreenderem, por uma única matriz.
Como 2 células que estão envoltas por um mesmo seio nutridor, repartiram-se em 2 centros de Luz, simétricos e complementares, levados a busca de suas próprias identidades para se cederem, ao se elevarem, à união plena de suas “metades” divinizadas.
Todos os seres possuem seu complemento cósmico, e esta é mais uma manifestação de Amor da Criação, posto que trocamos sempre, invisivelmente, permanentemente, vibrações com o nosso Par real, mesmo que muitas mentes sequer admitam a sua existência. Há uma constante conexão energeticamente reluzente entre os seios cardíacos destas criaturas, praticando a lei de atração dos pares universais.

Como explicávamos, todos os seres no universo possuem identidade cósmica, e pode ser conectado através de seu “código” sutil.
Portanto, o universo pode ser suposto como um vasto e dinâmico campo de mistérios, mas as suas atribuições perante a Criação são muito claras e simples do ponto de vista da atração, das sintonias, das vibrações pelas quais se desenvolve, se constrói a realidade individual e coletiva das criaturas.
E estes são os instrumentos de trabalho, de transformação que possuem, valioso meio de avanço e de elevação.
Rever e Reformular os padrões de manutenção de um equilíbrio precário (por ser egoicamente mantido) , é o primeiro passo para o ser processar a sua íntima transformação.
Este pseudo-equilíbrio precisará ser amplamente questionado, a partir de perguntas simples como:

“Por que preciso a cada instante de emoções que me cegam para o prazer contido em estar a sós comigo mesmo?”.

Por que é tão martirizaste para meu ego, refazer caminhos que sei que preciso ainda neles aprender?

Por que o ser é tão resistente a parar e ceder alguns momentos para interiorizar-se?

Por que o viver necessita ser tão confuso e com um turbilhão de experiências que se atropelam no propósito de preencher vazios que trazem no coração?

Cada ser possui o seu caminho para sentir-se, para chegar ao seu íntimo e procurar as suas respostas. Mas primeiro é preciso estar disposto a trilhar este caminho. Não há conselhos que possam contrapor o eventual desinteresse da alma por sua evolução. Cada qual tem o seu tempo de voltar-se para o conhecimento de si mesmo.
É preciso querer aprofundar o sentido da própria vida, e este movimento interno exige perseverança e determinação para vivê-lo de forma transformadora.
É preciso estar pronto para reviver sensações aprisionadas, comportamentos sombrios, dores cristalizadas, razões mal compreendidas.
Mas a vida é acima de tudo RENOVAÇÃO, e este é o seu compromisso, a resposta da vida para com todo aquele que se abre para a experiência maravilhosa que é CONHECER a SI MESMO, e deixar-se preencher pelo AMOR por sua alma, pelo existir como manifestação da Criação.


Àqueles que se sentem tocados por este convite, posso assegurar-lhes que é compensador viver a sua própria Verdade, revelar a sua maneira de sentir e expressar o seu íntimo. Este é e será sempre o melhor caminho para dignificar a vida, reconhecendo-a em sua sublime intenção libertadora.

Praticando o respeito e a ética, a resposta da vida é clara e próspera : é LUZ.

Mestre Átrius

*canalizada por Conexões de Luz.

Um comentário:

Eu sou Jéssica disse...

Ótima menssagem!É muito interessante o que ela quer passar para gente!
Beijão!
Viu se quise passar no meu blog, seria uma honrra, pois ninguém vai lá!Mas só se vc quiser!Não to te forssando ou fazendo propaganda!Na verdade é que eu queria fazer um grupo para poder trocar idéias sobre esse assunto!

Muita luz pra vc!