sexta-feira, 12 de setembro de 2008

A Fé e o Milagre - Mensagem de Mestre Conscius, de Antares


"A Divina Providência emana todos os Princípios amorosos e realiza a presença do Criador em vossos corações, mas para delas desfrutarem, é preciso que estejam abertos às projeções de Luz que são continuamente orientadas ao movimentado plano terreno.
Há. no entanto, resistências à estas emanações amorosas, que cedem vibrações de ânimo à criatura, para que ela cumpra a sua vida carnal em máximo aproveitamento desta rica oportunidade de crescimento e amadurecimento de seu espírito.
Como está preso a uma “realidade”, a um plano de ilusões - manifestações íntimas do ego desviado da Luz - o ser que começa a despertar a sua consciência busca um novo caminho que o conduza ã um novo estado de ser, onde possa “sentir-se verdadeiramente feliz”- algo que não é possível no viver dentro das egóicas ilusões, que só o permitem momentos de prazer efêmero aos quais se seguem sensações de frustração e de perda, ao perceberem o quão rapidamente estas emoções se esvaem dentro do seu Eu.
O ser fragmentado, setorizado em partes tão desvinculadas da sua essência, vive segregado das inspirações naturais de sua alma, e se mostra visivelmente resistente às vibrações cósmicas, que sempre estão buscando o contato com a sua essência
.
Todos os princípios amorosos da Criação preenchem o Universo, nutrindo as suas criaturas, praticando a conexão soberana da Fonte Geradora com toda a Sua Criação.
É necessário, no entanto, que os seres se cedam à presença deste amparo, para que se faça um campo permissivo às vibrações cósmicas que elevam a energia do ser a acelerações onde se tornam animicamente predispostos a praticarem mais plenamente os seus potenciais divinos.
Imaginemos uma tomada, que para levar a sua energia (Fonte Geradora) até a lâmpada (criatura), necessita que haja uma conexão para a transmissão desta energia, que se econtra ao dispor da criatura para auxiliá-la no seu processo intrínseco e próprio de iluminação.
Como estamos todos sob tutela das Leis cósmicas, da lei que garante que vivamos livremente as nossas escolhas, certas ou equivocadas, para através destas sermos os co-criadores do nosso caminho de libertação, podemos, consciente ou inconscientemente, bloqueadar em vários níveis e por motivos os mais variados, os meios condutores para que esta conexão se faça de forma plena.
Um exemplo muito simples de subtração do poder desta conexão, é a DÚVIDA sobre a presença real deste "invisível" mar de Luz que zela por toda a Criação. Quando a dúvida não está presente, muita das vezes o ser esbarra no ócio, na falta de aproveitamento desta realidade radiosa e perde a oportunidade de trocas verdadeiras de energia com a única Fonte capaz de acrescentar todos Princípios com os quais suprirá toda a sua terrena breve caminhada.
É fato também que muito se perde em considerações, em suposições de pormenores nos quais estão centrados os Princípios cósmicos e as suas “misteriosas”formas de ação.
Há preocupações excessivas em embasar a fé em fatos e revelações que expliquem, dentro de uma lógica sustentada pelos limites de tempo e espaço, a dinâmica da Criacao, lógica esta que apenas começa a ser questionada e aberta às realidades atemporais e multidimensionais do Universo.
Mesmo sendo uma curiosidade natural do ser de descobrir as suas origens e o estudo do Universo ao qual pertence, esta não deve entretanto sufocar os instintos naturais trazidos em sua alma, e sim buscar ouvi-los e vivenciá-los o mais intimamente possível.
Há perda de um valioso tempo pela dificuldade de aceitação da criatura humana, dos limites da compreensão racional destes mistérios, focalizando as suas atenções no que é intocável pela sua percepção egóica, onde esta avidez pelo conhecimento e, se possível domínio destes segredos sagrados, denota a volúpia egóica da criatura por desvendar este desafiador mistério, e assim, uma vez conhecendo-o, poder transitar por ele como considerar proveitoso à sua situação puramente humana.
Há uma inversão de conduta em suas propostas de realizarem as suas vidas em íntimo contato com a Luz.
É preciso buscar vivenciar a Luz, como meio de revelação e de união com as Verdades existenciais, ao invés de buscar tocá-la com a curiosidade de quem deseja certificar-se de sua presença para poder manipulá-la ao seu ritmo, longe de senti-la como uma força de vida íntima, longe de entende-la como manifestação da sua própria Essência.

É preciso vivenciar a Luz, para, ao Dela cercar-se interna e externamente, surpreender-se com as inspirações que surgirão espontaneamente, levando a compreensão natural de conceitos universais através de revelações que pela busca racional não poderiam ser ouvidas.

É preciso confiar na Luz como uma criança confia em seus pais nos primeiros meses e anos de sua vida pueril. Não adiantaria cercá-la de explicações intelectuais, sobre esta ligação entre pais e filhos, ela nada compreenderia.

É o amor a linguagem que conecta os seres, estejam eles no estado que estiverem de evolução de seus espíritos.

O Amor sempre será o verdadeiro conector universal, o conector alquímico de toda a Criação.

O ser infante, desta forma, se sustenta no Amor, na confiança que traz em seu âmago intuitivo.
É assim que realiza a certeza de que está sendo nutrido, amparado, guiado, protegido, até que desenvolva as suas aptidões naturais e siga o seu caminho livremente.
Desejamos enfatizar a CONFIANÇA, o CONTATO SEGURO entre a criança (criatura) e seus pais (Fonte Geradora – o Criador) , sem procurar sustento em razões, em explicações racionais que justifiquem e alicercem esta vibração de Amor, de fé na presença sustentadora da Luz que os gerou e os abraçará por toda a eternidade.
Procurem inverter as mãos das suas prioridades no que diz respeito ao contato com a vida cósmica, com as vibrações do Universo.
Busquem primeiramente senti-las, experimentem suas sensações, para então, em contato com Elas, verem surgir a compreensão natural da existência, com todos os seus mistéros, a medida que caíam os véus que os mantém privados do contato íntimo com estas Verdades.
Procurem o sentido das Verdades sustentadoras da Criação, da sua própria criação, da certeza deste Poder Infinito que os ampara; certeza viva, capaz de surpreendentes mudanças nos seus caminhos.
Como criaturas, suas vidas são unidas à elevada presença de Deus, soberano, que nutre suas almas de todo o Poder que será revelado por suas próprias consciências, porque nela estão todas as respostas, toda compreensão, toda a sabedoria que hoje buscam fora de si mesmos.
Vós sois a expressão de Deus que vos criou, pois sois Sopros de Luz,,, sois portanto a continuidade perene do Seu Amor, da Sua sabedoria, da Sua Verdade, da Sua Compaixão, da sua Onipresença, Onipotência e Onisciência.
Suas mentes devem se impregnar deste dogma, já que é construída por muitos deles. Este é, ao menos, capaz de elevá-la.

Sustentados no Amor e na fé, na confiança de que independente dos desafios que estejam vivenciando neste momento, TUDO É POSSÍVEL ÀQUELE QUE CRÊ NOS MILAGRES DA VIDA, COMO UM ESTADO NATURAL E PERFEITO DA ALMA, em uso do seu Poder de criar a sua vida dentro das verdades nas quais ACREDITA INCONDICIONALMENTE.
Assim compreenderão, que o milagre é a realização natural do estado de perfeição, que cede todos os Princípios sacramentados no ser para cumprir a sua sábia, divina manifestação.

Assim compreenderão, que, no plano em que temporariamente vivem, o contrário a este estado de ser em plenitude de saúde, de amor, é a conseqüencia do viver em estado interno de contraposição ao Ser Divino que são em Essência, o que gerou muitos infortúnios, doenças e situações de extrema dor.

Deixem acontecer os milagres que já conquistaram pelo resgate do caminho da Verdade pela qual as suas consciências estão prontas para viver.

Estes milagres são apenas a vossa própria Vibração Divina, cedendo Luz aos vossos sítios de miasmas que, dentro de vossas almas estão prontos para serem revelados à expressão da perfeição negada pelas muitas ilusões da mente.

De milagres é criada a Vida, a existência nutrida pela Luz.
Tudo o mais é conteúdo projetado pela mente nas telas da ilusão.

Trocar de esfera de experimentação da vida - do mundo das egóicas impressões, pelo mundo dos milagres, da imunidade natural aos intrusos, causadores de desequilibrio da saúde, onde a expressão da Verdade é conselheira e não julgadora, onde a Luz transita pelos canais da respiração, sai pelos poros da aura, para somar-se à vida, cedendo-a as mais variadas formas de amor - é o grande alvo a ser alcançado pela criatura para sentir-se sustentada dentro de uma vibração que a elevará mais e mais, a medida que for trabalhando pela prosperidade de sua consciência."

Mensagem canalizada em 11.09.08, por Conexões de Luz.

Um comentário:

**STELA** disse...

Oi Cláudia!!!
Fiquei super feliz com seu comentário!!
Mas É CLARO que ficarei muito feliz se vc enviar as mensagens!!!
Beijussss de Luz!!!!!!!!!
Stela
:o)